Pular para o conteúdo

Dependências – fé, poder e dinheiro no tratamento do uso abusivo de drogas no Nordeste do Brasil

Dependências – fé, poder e dinheiro no tratamento do uso abusivo de drogas no Nordeste do Brasil

Finalista Edição 2021

La serie de reportajes especiales ‘Dependencias’ fue creada para investigar los poderes detrás de la oferta de tratamiento para personas con uso problemático de drogas en el  nordeste de Brasil. La serie tuvo como enfoque el establecimiento de una nueva Política Nacional de Drogas en el país, en 2019, que ha ampliado los fondos públicos a esas comunidades terapéuticas y ha generado la posibilidad de internación involuntaria de personas en clínicas de rehabilitación.

El cambio ocurrió en paralelo al fortalecimiento de las políticas conservadoras en el país. Es una acción que va en contra de la Política Nacional de la Salud Mental. La serie explica cómo funciona la red de intereses económicos, políticos y religiosos acerca de las plazas de acogida y admisiones en comunidades terapéuticas y clínicas.

Fueron en total nueve meses de investigación para cubrir, en medio de la pandemia, historias de tres departamentos del nordeste: Bahia, Sergipe y Pernambuco. El equipo entrevistó más de 50 fuentes, entre expertos de salud, seguridad pública, derechos humanos y asistencia social; pacientes y acogidos en comunidades terapéuticas y clínicas; dueños de comunidades, clínicas y entidades públicas.

Ver trabajoParte 1 / Parte 2 / Parte 3 / Parte 4 / Parte 5 / Parte 6 / Parte 7 / Parte 8 / Parte 9 / Parte 10

Concepto del jurado

Para el jurado, la gran virtud de esta serie es la unión de datos duros con calidad narrativa. De igual forma, es un texto local, anclado en Brasil, pero permite reflexionar sobre la situación que cuenta y su efecto en toda la región. También se destaca el nivel de detalle, profundidad y calidad de la investigación alcanzada por los autores, que se enfocaron en un tema poco explorado en el país.

El jurado resalta la capacidad de este trabajo para visibilizar una problemática de salud pública mal gestionada por las autoridades.

También anotan que la investigación realizada por el equipo de autores se beneficia de una presentación gráfica que ayuda a la audiencia a asimilar mejor la abundancia de datos presentes en el texto

Equipo periodístico

Gabriella Leal
Gabriella Leal

Designer

Brasil

Coordenadora de designer visual no Centro de Inovação C.E.S.A.R. Foi coordenadora de deisgner na Retruco.

Camila Queiroz
Camila Queiroz

Comunicador / Agência Retruco

Brasil

Com formação acadêmica no eixo da comunicação e cursos voltados para planejamento digital, gestão de mídias sociais, ads e branding, tem experiência de atuação no campo de mídia online, com criação de conteúdos, campanhas e análises de performance.

Luiz Felipe Libório
Luiz Felipe Libório

Mestre em Engenharia de Software

Brasil

Mestre em Engenharia de Software pela Universidade Federal de Pernambuco, atua desde 2009 na área de desenvolvimento de aplicações web e desktop. Atualmente, atua como engenheiro de jogos na Wildlife Studios.

Luane Ferraz
Luane Ferraz

Jornalista / Agência Retruco

Brasil

Jornalista formada pela UFPE. Trabalhou em agências e veículos locais como Dupla comunicação e LeiaJa, além de participar da primeira turma do laboratório de ideias do GloboLab – Profissão Repórter. Foi repórter do núcleo de mídias sociais do Jornal do Commercio e finalista por duas vezes no Intercom. Cursa pós-graduação em Design de Interação para Artefatos Digitais. É gerente de projetos na Retruco.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius

Jornalista / Agência Retruco

Brasil

Jornalista formado pela Universidade Federal de Pernambuco (2018), com passagens pelo Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (Online e Economia), Folha de Pernambuco (Cotidiano) e assessorias de comunicação.

Quihoma Isaac
Quihoma Isaac

Ilustrador / Agência Retruco

Brasil

É um ilustrador pernambucano. Graduado em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Pernambuco (2014), atua como líder técnico de designer no Centro de Inovação C.E.S.A.R, em Recife. Entre seus trabalhos de destaque na literatura infanto-juvenil, estão as ilustrações do Shesus, livro escrito pela atriz norte-americana Hilary Shepard (famosa pelo papel da vilã Divatox, no seriado Power Rangers Turbo), além dos desenhos nas publicações FavoRita (2018), Dr. Alex na Amazônia (2019) e Dr. Alex e os Reis de Angra (2020), escritas pela cantora Rita Lee.

Em 2017, o artista realizou sua primeira exposição individual intitulada Na Trilha das Musas, exibida no Centro Cultural dos Correios do Recife. A mostra obteve um público de quase mil pessoas ao longo dos dois meses em que ficou em exibição.

Thiago Santos
Thiago Santos

Graduação em cinema e audiovisual / Agência Retruco

Brasil

Formado em Cinema e Audiovisual na UFPE, atualmente trabalha como estrategista de conteúdo no CESAR, centro de inovação sediado no Porto Digital, um ecossistema de tecnologia em Recife. Foi videorrepórter do jornal Diario de Pernambuco, onde atuava na produção de documentários para o canal do Youtube do jornal. Em 2017, foi selecionado para o Globo Lab, laboratório de imersão do programa Profissão Repórter. Em 2019 foi aprovado no edital da Fundación Gabo e Open Society Foundation para produção de reportagens com foco em novas narrativas sobre drogas na América Latina. Publicou, em parceria com a Agência Retruco, o documentário “O que podem as imagens da violência policial?” desenvolvido para Agência Pública de jornalismo investigativo.

Fernanda Santana
Fernanda Santana

Jornalista / Agência Retruco

Brasil

Repórter de edições especiais do Jornal CORREIO* e formada em Jornalismo pela Universidade Federal da Bahia. Tem trabalhos publicados no Estadão, Revista Piauí, Agência Pública e Courrier International. Tem interesse em coberturas de temas como direitos humanos, conflitos socioambientais, trabalho e saúde. É ex-bolsista da Wesleyan University, instituição norte-americana de Connecticut, em um curso de extensão de Escrita Criativa.

Ganhou, em 2021, primeiro lugar, com jornalistas em um trabalho colaborativo, o prêmios IX Prêmio República de Valorização do Ministério Público Federal, e terceiro lugar na premiação  Direitos Humanos de Jornalismo, do @MovimentoJDH. Também foi premiada com o 1º lugar do Prêmio Semear Internacional de Jornalismo. Atualmente, trabalha num projeto de reportagem financiado por uma micro-bolsa ofertada pela InterNews Europe.

Alice de Souza
Alice de Souza

Jornalista / Agência Retruco

Brasil

Jornalista, pós-graduada em Direitos Humanos e mestre em Indústrias Criativas. É coordenadora de sistematização na Énois Laboratório de Jornalismo, professora na Unibra e repórter colaboradora do Portal Lunetas e Agência Retruco. Foi coordenadora editorial no Jornal do Commercio, em projeto que venceu o 1º Desafio de Inovação da Google News Initiative para a América Latina, e repórter do jornal Diario de Pernambuco por 10 anos.

É ex-becaria Cosecha Roja, integrante da 3a geração do Red de Jóvenes Periodistas de América Latina Distintas Latitudes, Knight Lupa fellow e fellow da International Women’s Media Foundation (IWMF). Foi a jornalista mais premiada do Nordeste do Brasil em 2018 e 2019, segundo ranking do Jornalistas e Cia. É Jornalista Amiga da Criança, pela Andi Comunicação e Direitos.

Otros trabajos de esta edición

Assine o boletim informativo do Prêmio Roche

Feito com por