“Enemigo silencioso” vence o Prêmio Roche 2019 em Televisão e Vídeo

enemigo-silencioso

Uma reportagem sobre o câncer de colo de útero, um mal que ataca as mulheres no Equador, e que pode ser mortal se não se detecta a tempo, é o trabalho vencedor do Prêmio Roche 2019, na categoria Televisão e Vídeo.

A reportagem “Enemigo Silencioso”, de José Alvarado, Iván Maestre, Mauricio Campoverde e Tito Mite, para o canal equatoriano Ecuavisa, foi escolhido pelo jurado formado por Bianka Cavalcanti de Carvalho e Antonio Martínez Ron, com a assessoria médica de Carlos Fernández, por ser um excelente trabalho jornalístico sobre um tema de saúde de máxima relevância, abordado com uma enorme sensibilidade.

O jurado definiu o trabalho como uma reportagem sóbria, carregada de informação útil sobre a incidência do câncer de colo de útero, com um enfoque certeiro e um uso preciso do ritmo narrativo. De acordo com a ata do jurado, trata-se de “um informe exemplar, que chama a atenção a um problema sanitário que afeta as mulheres, ainda que, como nos lembram os autores, sejam os homens os transmissores da doença”.

Sobre os autores

Iván Maestre Vera – Repórter nascido em Portoviejo, no Equador. Trabalha há 20 anos na televisão. Foi criador de diversos programas de televisão.

Tito Mite Alonso – Cinegrafista nascido em Guayaquil, no Equador, tem 30 anos de experiencia com televisão. Fez parte da equipe do programa de notícias de Telecuatro, em 1988. Um ano depois, converteu-se em cameraman do jornal equatoriano Teleamazonas, no qual trabalhou por 13 anos. Seu trabalho em Ecuavisa, desde 2003, enfocou-se em produções de entretenimento e jornalismo, como o programa de jornalismo de profundidade Visión 360.
Durante sua carreira, registrou um quarto de século da história de seu país e do mundo, como a guerra entre Equador e Peru em 1995, o terremoto na Colômbia em 1999, a emergência pelo sismo no Equador em 2016, além de numerosas reuniões regionais, tours presidenciais e posses de diversos chefes de Estados latino-americanos.

Mauricio Campoverde –Editor e produtor audiovisual desde 2007, nascido em Guayaquil, no Equador. Trabalhou em diversas estações de televisão equatorianas, como RTS, Gama TV, Teleamazonas e Ecuavisa, empresa na qual participou de diversas produções de entretenimento. Também tem experiência em produtores audiovisuais, onde fez comerciais publicitários.

Atualmente é editor sênior do programa de jornalismo de profundidade Visión 360, da Ecuavisa, e colabora como produtor em coberturas nacionais.

José Carlos Alvarado – Jornalista e produtor, nascido em Guayaquil, no Equador. Desde 2016 trabalha como membro da equipe de produção do Visión 360, programa de jornalismo de profundidade do canal Ecuavisa.

Hecho con por

Pin It on Pinterest