Estes são os vencedores do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde na categoria Rádio 2018

Juan Camilo Chaves

Juan Camilo Chaves Rodríguez e Charlotte De Beauvoir são os vencedores do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde na categoria Rádio com a produção Doctor: ¿Esto es normal?

O trabalho versa sobre as cirurgias estéticas ilegais e o acesso à saúde em Medellín, contados através da história de Ximena e de outras vítimas. A reportagem, publicada no veículo Cerosetenta da Universidad de los Andes, da Colômbia, e co-produzida pela Radio Ambulante, foi escolhida como a vencedora entre 75 trabalhos de toda a América Latina inscritos no Prêmio Roche na categoria Rádio.

Conheça aqui o trabalho vencedor

O jurado da categoria Rádio do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde foi formado por Ricardo Sandoval Palos, diretor de projetos de investigação e informes especiais da InsideClimate News e membro do 100Reporters; Mariana Ferrão, apresentadora do programa de saúde Bem Estar e fundadora e apresentadora do programa Saúde de Corpo e Alma da Rádio Globo; e Juan Valentín Fernández de la Gala, assessor médico formado em medicina, especialista em antropologia forense e autor da tese Médicos e a Medicina na obra de García Márquez.

Eles escolheram o trabalho vencedor por ser um “trabalho jornalístico integral, um pacote completo, que com atitude social aborda um tema científico”. O jurado também apontou que Doctor: ¿Esto es normal? demonstra um grande trabalho de produção. “Conta uma boa história para poder prender a audiência desde o começo e prolonga o suspense durante toda a narração. Transmite emoção através do som, o que permite comunicar melhor a informação aos ouvintes”, agregaram.

Na categoria Rádio também foram eleitos como finalistas Depresión; necesitamos hablarlo, do México, e Katana no quiere parir: un análisis periodístico de la baja fecundidad en Cuba, de Cuba. Além disso, entregou-se uma menção honrosa pelo tema de acesso à saúde a Dar à luz a dor, do Brasil.

Sobre os autores

Juan Camilo Chaves Rodríguez

Atualmente é editor e jornalista de Cerosetenta e professor do Mestrado em Humanidades digitais da Universidad de los Andes, na Colombia. É biólogo, artista plástico e mestre em Jornalismo pela Universidad de los Andes. Iniciou sua carreira jornalística escrevendo sobre música para veículos independentes. Em 2015 foi bolsista na Radio Francia Internacional. Colaborou e publicou em meios como Revista Arcadia, Cerosetenta, Radio Ambulante, La Silla Vacía, Soundtruck e Radio Francia Internacional. Em 2017 recebeu o Prêmio Nacional de Jornalismo Simón Bolívar na categoria Investigação para Rádio.

Charlotte De Beauvoir

Jornalista e produtora de documentários radiofônicos. Atualmente é professora associada do Centro de Estudios de Periodismo (CEPER) da Faculdade de Artes e Humanidades da Universidad de los Andes. Mestra em Informação e Comunicação pela Universidade de Paris IV Paris-Sorbonne. Foi vencedora do Prêmio Nacional de Jornalismo Simón Bolívar em 2011 na categoria Melhor Reportagem de Rádio.

O concurso

Na sexta edição do Prêmio Roche foram inscritos 435 trabalhos provenientes de 19 países: 75 se inscreveram na categoria Rádio e 360 na categoria Internet. O processo de seleção contou primeiro com um comitê técnico, que avaliou se os trabalhos cumpriram com os requisitos pedidos para se inscreveram. Depois, as reportagens foram analisadas por um pré-jurado em uma primeira rodada. Finalmente, um grupo de jurados se reuniu em Cartagena, na Colômbia, para revisar os trabalhos que passaram para a segunda etapa e daí escolheram os finalistas e vencedores. No dia 5 de julho, durante o Roche Press Day, em Cali, na Colômbia, será realizada a cerimônia de premiação dos vencedores.

Além do reconhecimento da comunidade jornalística do continente, os vencedores receberão como prêmio uma bolsa para participar em qualquer um dos workshops da FNPI ou poderão ir ao Festival Gabriel García Márquez de Jornalismo que será realizado de 3 a 5 de outubro de 2018 em Medellín. Todos os finalistas, incluídos os vencedores, foram convidados ao Roche Press Day e receberão um diploma, uma medalha e uma cópia do livro Gabo Periodista.

Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde

O prêmio Roche de Jornalismo em Saúde é uma iniciativa da Roche América Latina e da Secretaria Técnica da FNPI- Fundação Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Ibero-americano, que busca reconhecer a excelência e fomentar o trabalho jornalístico de qualidade na cobertura de temas da saúde na América Latina.

Para mais informações, escreva a premioroche@fnpi.org

Hecho con por

Pin It on Pinterest