Pular para o conteúdo

Noticías

Esses são os vencedores do Prêmio Roche 2022!

novembro 04, 2022
Esses são os vencedores do Prêmio Roche 2022!
  • Representantes dos trabalhos finalistas e com menção honrosa da décima edição foram homenageados em uma cerimonia na Casa 1537, no Centro Histórico de Cartagena de Índias (Colômbia).
  • Estiveram presentes na premiação, que voltou a ser realizada de forma presencial, Fernando Giannoni, líder de Assuntos Públicos e Comunicações da Roche América Latina, e Jaime Abello Banfi, diretor geral da Fundação Gabo.
  • Nesta edição do Prêmio Roche 701 trabalhos jornalísticos foram inscritos. Três foram vencedores nas categorias Jornalismo Sonoro, Cobertura Diária e Jornalismo Digital.

Trabalhos jornalísticos do Chile, Brasil e México foram os vencedores do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde durante a cerimonia de premiação realizada em 2 de novembro em Cartagena, na Colômbia. Dessa forma, a celebração do melhor jornalismo em saúde da América Latina voltou a ser realizado de forma presencial depois de dois anos de entregas virtuais.

O Prêmio Roche é uma iniciativa da Roche América Latina com a Secretaria Técnica da Fundação Gabo, que busca premiar a excelência e fomentar o trabalho jornalístico de qualidade na cobertura de temas de saúde na região, e que este ano chegou a seu décimo aniversário, com 4.743 inscrições desde sua primeira edição em 2013.

Jornalismo Sonoro, Cobertura Diária e Jornalismo Digital foram as categorias da premiação nesta edição. No total, 701 trabalhos jornalísticos foram inscritos neste ano. Além disso, os trabalhos concorreram às menções honrosas em “Desafios ao atendimento sanitário” e Jornalismo de Soluções, entregues durante a cerimonia para trabalhos do México e Venezuela.

Uma equipe de sete jornalistas ibero-americanos e um especialista em saúde formaram o jurado da décima edição do Prêmio Roche para avaliar e selecionar os melhores trabalhos jornalísticos deste ano durante as sessões de julgamento, depois da pré-seleção feita por outros quinze jornalistas da América Ibérica, que participaram como préjurados da competição.

Nesta noite inesquecível de premiacao, os finalistas e vencedores foram homenageados pela qualidade de seus trabalhos, que já se tornaram referencias do bom jornalismo de saúde que está sendo feito na região. Os representantes das equipes vencedoras nas tres categorías da premiacao receberam uma bolsa de estudos de até 5 mil dólares, além de um troféu e um certificado.

Estes são os trabalhos jornalísticos que levaram o primeiro lugar:

Jornalismo Sonoro

La refugiada

Autores: Melissa Silva Franco, Catalina May Trejo e Martín Cruz Farga.

Médio: Las Raras Podcast (Chile).

Investigação longa que permitiu documentar a travessia de uma mulher que, depois de sofrer um aborto, foi presa em El Salvador e depois, já em liberdade, seguiu condenada pelo sistema judicial e pela própria sociedade.

Cobertura Diária

O caso Prevent Senior

Autores: Guilherme Balza, Wanda Alviano, Thaiza Pauluze e Thomas Kravezuk.

Médio: Globonews (Brasil)

A investigação expôs – entre outras coisas – a relação da empresa com o governo federal para distribuir e dar publicidade a medicamentos ineficazes, além de conduzir experimentos sem evidência científica e sem a autorização dos pacientes e de órgãos públicos.

Jornalismo Digital

Redes migrantes en la pandemia 

Autores: Patricia Mercado Sánchez, Nadia Sanders, Ximena Natera, Jhasua Razo, Andrea Ornelas.

Médio: Conexión Migrante (México)

O drama da população hispana e latina sem documentos em Nova York durante a pandemia retratado neste trabalho que narra como a situação foi encarada com a limitação de recursos disponíveis, assim como a aliança entre redes de apoios com diferentes setores da cidade para entregar informação útil para a diminuição do risco de contágio, entre outros.

Sobre o Prêmio Roche

O Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde é uma iniciativa da Roche América Latina e da Secretaria Técnica da Fundação Gabo, que busca premiar a excelência e estimular a cobertura jornalística de qualidade de pautas de saúde e ciência na América Latina, integrando sanitário, econômico, político, social, entre outras áreas de investigação do jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Feito com por