Pular para o conteúdo

La mala leche de los CLAP

É a primeira de três reportagens investigativas publicadas por Armando.info durante 2018 que tem o propósito de questionar a qualidade das marcas de leite em pó mexicano que estavam sendo consumidos na Venezuela dede 2016. O leite é um dos 11 produtos das populares caixas CLPA (Comité Locales de Abastecimiento y Producción), um programa de alimentos subsidiados criado em 2016.

A partir de denúncias de consumidores do leite no Twitter, que reclamavam do sabor e da consistência do produto, e também de relatos de mal estar estomacais como vômitos e diarreia após o consumo do leite em pó, Armando.Info juntou mostras de vários pacotes de CLAP em Caracas e as enviou a um laboratório especializado da Universidad Central de Venezuela (UCV) para análise. Na primeira reportagem da série são apresentados os resultados de análises físico-químicas e microbiológicas feitas em seis marcas de leite. Foi demonstrado que em vez de leite o pó contém produtos lácteos com conteúdo nutricional mais parecido a farinha de arroz e milho, uma vez que as amostras apresentaram altas quantidades de sódio e carboidratos e pouca quantidade de cálcio e proteína, contrariando estândares alimentícios venezuelanos e mexicanos.

Ver trabajo: Parte 1 / Parte 2 / Parte 3

Autores

Patricia Alejandra Marcano Meza

Venezuela

Patricia Alejandra Marcano Meza

Licenciatura em Comunicação Social / Armando.info

Jornalista investigativa venezuelana, coordenadora da redação de Armando.info. Desde 2005 trabalhou em diferentes meios de comunicação, entre eles El Nacional, Últimas Noticias e La Razón, especializando-se em saúde pública. Em 2017 entrou para a equipe de Armando.info, meio digital venezuelano de jornalismo investigativo.

Fez várias reportagens especiais como coautora premiadas, como o Prêmio Latinoamericano de Periodismo de Investigación (Colpín) e o Prêmio Nacional de Periodismo de Investigación de IPYS Venezuela, em 2018 e 2019. Em 2020 recebeu o Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde por “La mala leche de los CLAP”, investigação na qual também participou como coautora. É finalista do prêmio Pulitzer 2021 com uma das investigações realizadas para a série transnacional FincEN Files, do Consórcio Internacional para Jornalistas Investigativos (ICIJ) e Buzzfeed News.

Roberto Deniz

Venezuela

Roberto Deniz

Licenciatura em Artes e Comunicação Social / Armando.info

Graduado em Letras e Comunicação Social pela Universidad Católica Andrés Bello (UCAB) de Caracas. Desde 2016 trabalha em Armando.info. Participou em investigações como as do Panamá Papers, assim como numerosas investigações sobre a corrupção na Venezuela. Começou a investigar a trama de corrupção no programa estatal de venda de alimentos chamado Comité Locales de Abastecimiento y Producción (CLAP) em 2017. Em 2018 fez o curso de Jornalismo Investigativo na América Latina da Escola de Jornalismo da Universidade de Columbia e da Fundação Gabo.

Claudia Solera

México

Claudia Solera

Jornalista investigativo / Excelsior e Grupo Imagen

Repórter de investigações especiais do jornal Excélsior e Grupo Imagen. Coautora do livro 19 Edificios como 19 Heridas, editora Grijalbo. Cobriu zonas afetadas pelo narcotráfico no México, contando histórias de violência e desaparições e fez a cobertura dos 43 estudantes de Ayotzinapa. Em 2015, foi uma das 15 jornalistas da América Latina a ganhar bolsa da Balboa/Iberis para um curso de jornalismo de um semestre em Madri, na Espanha.

Feito com por