Pular para o conteúdo

Quando o único remédio é a maconha

 O Fantástico, da TV GLOBO, exibiu três reportagens sobre o canabidiol, uma substância extraída da maconha que ajuda no tratamento médico de algumas doenças. Quando a primeira reportagem foi exibida, o uso do CBD, como é conhecido o canabidiol, ainda era proibido no Brasil, por se tratar de um derivado da cannabis sativa. Na primeira reportagem, em 30 de março de 2014, mostramos a situação de alguns pais que estavam importando CBD ilegalmente para dar aos filhos que sofrem de epilepsias graves. Ou seja: os pais estavam traficando CBD para tratar os filhos. Os resultados clínicos do CBD eram positivos. A substância estava ajudando a reduzir a quantidade e a intensidade das crises epiléticas. Cobramos a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), que ainda não concordava com a possibilidade de legalizar o uso médico do CBD no país. No dia seguinte, a justiça brasileira tomou uma decisão inédita e autorizou a família mostrada na reportagem a importar legalmente o CBD. Depois disso, na segunda reportagem, em 7 de setembro de 2014, mostramos que o CBD também estava sendo testado em pacientes com Mal de Parkinson, também com resultados positivos.

Feito com por