Pular para o conteúdo

Educación sexual: La matrona en el colegio

“Educação sexual: a matrona do colégio” é uma reportagem que retrata em profundidade um programa de sucesso de educação e saúde sexual e reprodutiva implementado em 13 dos colégios mais pobres de Santiago, no Chile, que tem o objetivo de acabar com os altos índices de gravidez adolescente de um dos bairros mais pobres da região metropolitana da capital: Lo Prado. Este programa chamado Tres A foi criado pelos setores de saúde e educação do bairro, os quais, pela primeira vez, trabalharam em conjunto entre si para a prevenção e saúde sexual e reprodutiva de seus alunos. O programa cobra do Estado chileno uma política pública de saúde que segue inexistente. A reportagem sobre o programa foi mostrada para a presidente Michelle Bachelet, que o classificou como exemplar.

Autores

Gabriela García

Chile

Gabriela García

Jornalista e contadora de histórias. Suas crônicas, perfis e reportagens foram publicadas em diversos meios de comunicação chilenos, como os jornais La Nación Domingo e La Tercera, as revistas Paula, Qué Pasa e PAT, e o suplemento El Semanal. Nos últimos anos foi a única repórter chilena a ser selecionada entre os 10 cronistas escolhidos para o prêmio Gabriel García Márquez da FNPI, na categoria reportagem. Foi finalista do Prêmio Periodismo de Excelencia outorgado pela Universidad Alberto Hurtado, do prêmio “Pobre el que no cambia de mirada” e o Prêmio Nacional de Revistas, MAG´s.

 

Em 2013 foi selecionada pela FNPI para cursar o workshop de reportagens ditado pelo jornalista de The New Yorker Jon Lee Anderson, realizado no Rio de Janeiro. Atualmente é jornalista freelancer e escreve nas revistas de El Mercurio. Paralelamente se dedica a co-realizar o documentário “El final de uma Nación,” sobre o fechamento do jornal La Nación em 2010 e é uma das autoras de um livro que se cozinha em fogo lento chamado “11 golpes”, que conta 11 histórias de crianças torturadas durante a ditadura chilena.

 

Feito com por