Está chegando a eleição dos vencedores do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde 2018

Nos próximos dias 25 e 26 de maio os jurados do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde vão escolher os finalistas e vencedores da sexta edição da competição, que premiará neste ano as melhores reportagens de rádio e internet que cobrem temas de saúde na América Latina. Dois jurados em cada categoria e um assessor médico vão avaliar os trabalhos selecionados pelo pré-jurado.

Na categoria Rádio, 42 reportagens superaram a avaliação técnica e 14 passaram à segunda fase neste ano. Martha Amor, jornalista colombiana, locutora de rádio e docente dessa disciplina, e Luis Henrique de Souza da Silva, produtora e locutor de rádio e assessor de comunicação na Secretaria Municipal da Saúde de Joao Pessoa, na Paraíba, foram os pré-jurados que fizeram esta seleção da categoria Rádio. Eles destacaram a coordenação entre os temas tratados pelos jornalistas participantes e as necessidades da saúde na região latino-americana, a qualidade, o bom resultado dos trabalhos feitos em equipe e o uso de histórias humanas como ferramenta para aproximar os temas dos ouvintes.

Em relação à categoria Internet, dos 202 trabalhos que passaram pela análise técnica, 27 seguem concorrendo ao prêmio. O pré-jurado para Internet foi formado por Pamyle Brugnago, produtora de reportagens multimídia do Jornal de Santa Catarina, do Brasil, e vencedora do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde em 2016; Airam Fernández, jornalista venezuelana e vencedora deste prêmio em 2014; Paz Montenegro, jornalista do Canal 13, do Chile; e Vinicius Sassine, jornalista de O Globo, do Brasil. Ambos foram vencedores do Prêmio Roche 2017. Os jurados destacaram o domínio que os concorrentes tiveram dos temas tratados, o uso estratégico das fontes, a qualidade da narrativa e a experimentação com recursos multimídia como suporte aos textos.

Os trabalhos pré-selecionados em cada categoria serão revisados novamente pelos jurados responsáveis pela rodada final, que contarão com o apoio de um assessor médico. Os responsáveis pela seleção dos vencedores do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde 2018 são:

Categoria Rádio

Ricardo Sandoval

Jornalista e editor mexicano com mais de 30 anos de experiencia. Atualmente é diretor de projetos de investigação e informes especiais em InsideClimate News, meio multiplataforma de informação ambiental premiado diversas vezes, como, por exemplo, o Prêmio Pulitzer de 2013. Ricardo pertence à diretoria de 100Reporters, ao Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ, em inglês) e preside o Fundo para o Jornalismo de Investigação (FIJ, em inglês). Foi editor na rede National Public Radio (NPR) e correspondente para a América Latina no Dallas Morning News. É coautor de La lucha en los campos: César Chávez y el Movimiento de los Trabajadores Agrícolas.

 

Mariana Ferrão

Jornalista brasileira graduada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Mariana é apresentadora do Bem Estar, programa de saúde líder da televisão brasileira com uma audiência de 10 milhões de telespectadores por minuto. Também fundou Saúde de Corpo e Alma, programa da Rádio Globo no qual se discute a relação entre ciência e espiritualidade. Trabalhou na Rádio Bandeirantes como editora de Tempo e apresentadora do Jornal da Band. Na Globo, teve passagens como repórter por Jornal Nacional, Jornal da Globo, Bom dia Brasil e Fantástico.

 

Categoria Internet

Cilene Pereira

Jornalista brasileira com trinta anos de experiencia. Trabalhou como repórter no Jornal do Brasil, O Estado de S.Paulo, O Globo e em 1994 começou como repórter e depois virou editora da revista Istoé, a segunda revista semanal mais importante do país. Escreveu sobre saúde em mulheres e crianças, HIV e epidemias como os vírus do ebola, na África, e da dengue, no Brasil.

Nora Bär

Jornalista científica argentina há três décadas. Atualmente é editora e colunista de Ciência e Saúde do jornal argentino La Nación, apresentadora da série Conversaciones en La Nación no canal LN+, do programa de rádio El Arcón, Ciencia, Salud y Tecnología na FM Cultura e do ciclo de “cafés científicos” da Academia Nacional de Ciencias Exactas. Membro da Academia Nacional de Periodismo e presidente da Red Argentina de Periodismo Científico. Nora foi editora da coleção ¿Qué es…? da Editorial Paidós da Argentina. Foi professora convidada em diferentes universidades e palestrante em congressos nacionais e internacionais. Também participou como jurada de tese de doutorado de comunicação da ciência e recebeu numerosos prêmios, entre eles dois Prêmios Konex.

Assessor médico

Juan Valentín Fernández de Gala

Formado em Medicina pela Universidad de Sevilla e especialista em Antropologia Forense pela Universidad de Granada e pela Universidad Complutense de Madrid. É professor de Biologia na escola IES Juan Lara e professor associado de História da Medicina e Enfermaria na Universidad de Cádiz. É secretário de redação da revista Panacea, atua na tradução e lexicografia médica, onde é acadêmico nesta matéria para a Real Academia de Medicina y Cirurgia de Cádiz. Como antropólogo, dedica-se ao estudo dos restos ósseos procedentes de necrópolis pré-históricas associadas a megalitos, e à época romana e medieval. Juan Valentín é autor da tese Médicos y medicina en la obra de García Márquez.

Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde

O prêmio Roche de Jornalismo em Saúde é uma iniciativa da Roche América Latina e da Secretaria Técnica da FNPI – Fundação para o Novo Jornalismo Iberoamericano de Gabriel García Márquez, que procura premiar a excelência e fomentar o trabalho jornalístico de qualidade na cobertura de temas da saúde na América Latina.

Hecho con por

Pin It on Pinterest